Bom dia!
Iniciar sessão

Federação Portuguesa de Aeromodelismo

Menu geral

0;1;11;111;112;113;114;1141;1142;12;121;122;123;1231;1232;1233;1234;1235;1236;1237;124;125;126;127;13;131;14;141;142;143;15;16;17;18;181;19;191;192;193;194;195;196;197;198;199;1a;2;21;211;212;22;221;2211;2212;2213;2214;2215;2216;2217;222;2221;2222;2223;2224;2225;2226;2227;2228;223;2231;2232;23;231;232;233;234;24;241;242;25;251;252;26;261;262;27;271;272;273;276;277;28;29;291;292;2921;2922;2923;2924;293;2931;294;2941;2a;3;31;32;33;34;35;4;41;411;412;42;421;422;43;431;432;48;44;441;442;45;451;452;46;5;51;511;512;52;521;522;53;531;532;54;55;56;57;571;58;581;582;59;5a;5b;5b1;7;71;710;711;712;72;

Formação Técnica - Técnico Nível I - Curso de Instrução

O novo sistema de Formação vai entrar imediatamente em actividade.

Como é o novo sistema de Formação?

É um sistema de Formação à distância que pode ser feito por qualquer candidato, utilizando os momentos que decida.

Cada candidato será acompanhado por um tutor, que o irá orientando e avaliando ao longo das várias partes em que se subdivide o curso.

Os cursos terão a duração de entre três a quatro meses e começam por decisão da Direcção, quando houver número de candidatos que o justifique.

Quem deve vir fazer o Curso de Formação?

Vão ter prioridade os candidatos que são Técnicos de Aeromodelismo reconhecidos pelo Conselho Técnico e de Arbitragem, para ultrapassar o problema de falta de técnicos credenciados nos novos clubes que se apresentaram a filiação na FPAm.

De qualquer modo não poderemos aceitar indiscriminadamente todos os que pretendam formação, e sabemos que são bastantes, sendo por isso necessário limitar o número de candidatos a cinco por cada tutor, portanto, no total vinte candidatos, por curso.

No entanto, alertamos os Técnicos reconhecidos de que esse reconhecimento foi feito, tendo como premissa a obrigatoriedade de se apresentarem a um curso de Formação.

Se porventura não se inscreverem Técnicos reconhecidos, seremos obrigados a chamá-los nós e, em caso de recusa não justificada, seremos nós a cessar o reconhecimento como Técnico de Aeromodelismo, ficando o clube obrigado a encontrar um novo Técnico.


7º Curso de Técnicos Nível 1 - 2015

Regulamento.

Formação e Avaliação.

Regras dos Tutores e Formadores.

Currículos das Carreiras de Formação.

Formadores e Tutores.

Objectivos dos Cursos de Técnicos.

Mensagem inicial - Circular aos Formandos 29/09/2015..

Circular 5Ago2015 - Curso de Formação de Técnicos de Nível 1..

Ficha de Inscrição, preencher e enviar para a FPAm.

Lista de Actividades

1. Regras de Segurança.

2. Noções de Aerodinâmica.

3. Afinação e Centragem.

4. Noções Básicas de Motores Térmicos e Elásticos (2).

5. Afinação e Manutenção de Motores Térmicos (2).

6. Noções de Meteorologia.

7. Motores Eléctricos e Baterias.

8. Noções de Programação de Emissores.

9. Ligação de Materiais.

10. Combustíveis e Lubrificantes.

11. Interpretação de Planos.

12. Técnicas de Forrar.

13. Tecnologia Educativa I.

13.1. Abordagem Sistémica ao Treino.

13.2. Objectivos de Treino.

13.3. Motivação.

13.4. Comunicação Oral.

14. Estruturas FAI e FPAm (2).

15. Regulamentos de Classes FAI Específicas .

16. Pedagogia 1.

Actividades Específicas - Helicópteros

17. Aerodinâmica de Helicópteros.

17A. H1 - Nomenclatura de Helicópteros.

17B. H2 - Aerodinâmica para Helicópteros.

17C. H3 - Giroscópio para Helicópteros.

Nota: Sugerimos a consulta do texto "Helicópteros - Princípios de Voo".

Actividades Específicas - Planadores

18. Aerodinamica para Planadores Rádio-Controlados.

Regulamentação FAI / CIAM

SC4_Vol_ABR_15.

SC4_Vol_EDIC_15.

SC4_Vol_F1_FreeFlight_15_V2

SC4_Vol_F2_ControlLine_15

SC4_Vol_F2_ControlLine_Annex_4J_15

SC4_Vol_F3_Aerobatics_15

SC4_Vol_F3_Helicopters_15_V2

SC4_Vol_F3_Pylon_15

SC4_Vol_F3_Soaring_15

SC4_Vol_F4_Scale_15

SC4_Vol_F5_Electric_15

SC4_Vol_F6_Promotional_15

SC4_Vol_F7_Aerostats_15

SC4_Vol_SM_Space_15

Contactos

© Federação Portuguesa de Aeromodelismo, 2013 - 2018